Categoria: Saúde Mental

O impacto das mídias eletrônicas em crianças

Ao longo da infância, as crianças passam mais tempo assistindo TV do que na escola. Em média uma criança de sete anos de idade já assistiu TV (ou outras mídias) por mais de um ano completo. Aos 18 anos, um jovem europeu terá passado uma média de 4 anos em frente a uma tela.

Mas esse tempo não é mais uma questão cultural sobre como as crianças utilizam o seu tempo de lazer, mas tornou-se uma questão médica.

Saiba Mais

Rir é o melhor remédio

Claro, é divertido dar uma boa risada. Mas você sabia que isso pode melhorar sua saúde? É verdade: o riso é um forte remédio. Ele atrai as pessoas de forma a desencadear mudanças físicas e emocionais saudáveis no corpo. Rir fortalece seu sistema imunológico, melhora o humor, diminui a dor e protege-o contra os efeitos nocivos do estresse.

Saiba Mais

Por que é importante acreditar que as pessoas podem mudar?

Um estudo recente descobriu que adolescentes que acreditam que as pessoas podem mudar lidam melhor com os desafios de frequentar o ensino médio. Em contrapartida, aqueles que acreditavam que as personalidades das pessoas são fixas e imutáveis ​​tiveram resultados piores, apresentando níveis mais elevados de estresse e pior saúde física.

Saiba Mais

É possível reduzir a sua ansiedade usando apenas palavras?

Um crescente número de pesquisas revelou que rotular uma emoção, ou colocar os sentimentos em palavras, pode ajudar a minimizar os efeitos de tal emoção. Para testar esta teoria, pesquisadores da Universidade da Califórnia realizaram uma pesquisa trazendo esta questão para um contexto clínico do mundo real, em que indivíduos com fobia de aranha foram repetidamente expostos a uma aranha viva.

Saiba Mais

Como o cigarro afeta a sua saúde mental?

Todo mundo está familiarizado com os efeitos físicos devastadores do tabagismo. No entanto, quase ninguém pensa sobre os efeitos psicológicos que o cigarro tem, que incluem mudanças no humor, no comportamento e na saúde mental de uma pessoa.

 

A “onda” do cigarro

Nas primeiras vezes em que uma pessoa fuma um cigarro, ele ou ela experimenta uma "onda" que consiste em uma breve sensação de leveza, um humor elevado e um sentimento geral do prazer.

Saiba Mais

Uma maneira agradável de reduzir o risco de depressão?

Uma pesquisa publicada na revista BMC Medicine (Geo et al., 2013) demonstrou que o vinho, se bebido com moderação, pode reduzir o risco de desenvolver depressão.

Segundo o professor Miguel A. Martínez-González, um dos autores do estudo, baixas quantidades de ingestão de vinho podem exercer para a depressão uma proteção de forma semelhante ao que foi observado para a doença cardíaca coronariana.

Saiba Mais

Os benefícios da atividade física para a saúde mental

Todo mundo sabe que fazer exercícios físicos regulares é bom para o corpo. Mas a atividade física é também uma das maneiras mais eficazes de melhorar a sua saúde mental, podendo ter um impacto profundamente positivo na depressão, ansiedade, TDAH e muito mais. Ele também alivia o estresse, melhora a memória, ajuda a dormir melhor e melhora o humor no geral. E você não tem que ser um fanático por fitness para colher esses benefícios. Pesquisas indicam que quantidades modestas de exercício podem fazer a diferença. Não importa a sua idade ou nível de aptidão, você pode aprender a usar o exercício físico como uma ferramenta poderosa para se sentir melhor.

Saiba Mais

A era da Desrazão

Conforme o mundo se torna mais rico e mais idoso, a doença mental está se tornando mais comum.

Tudo começou quando ela perdeu a cabeça. De acordo com a lenda, Dimpna, uma heroína cristã do séc. 7 fugiu da sua terra natal, a Irlanda, quando seu pai, louco de tristeza pela morte de sua mulher, desenvolveu uma paixão incestuosa pela sua filha. O pai veio atrás da garota e, sendo mais uma vez repelido, a decapitou nas planícies do que é hoje o norte da Bélgica. Dimpna foi canonizada e na Europa medieval desenvolveu uma reputação de intervenção divina que poderia curar a loucura. Seu culto se centralizou em Geel, uma pequena cidade belga que forma uma das pontas do triângulo junto com Bruxelas e a Antuérpia. Por volta do séc. 19 Geel desenvolveu um sistema de assistência social para os doentes mentais nos quais os pacientes, ou convidados como são chamados, são adotados por famílias. Esse sistema continua até hoje. Quando na virada do séc. 20 o governo belga ameaçou a sua existência com um decreto que os insanos deveriam viver em instituições, toda a cidade se auto designou como um hospício.

Saiba Mais

O efeito do estresse nas mulheres

O estresse deixa a sua marca no rosto feminino, foi o que descobriu um novo estudo que demonstrou que os homens julgam as …

O poder do placebo: bêbado de expectativas

No segundo episódio da série de TV Freaks e Geeks – Judd Apatow (1999) – o irmão mais novo, Sam Weir, entra em pânico, …

Como a (des)organização do ambiente pode afetar suas decisões e comportamento

Aqui está um brinde para o bagunceiro do escritório, que tem tanto lixo em sua mesa que não consegue nem encontrar seu …